Muitas pessoas têm dúvidas sobre com qual periodicidade devem fazer uma limpeza energética e alinhamento dos chacras. Quais os resultados dessa terapia? Para que tipo de situação ela é indicada?

A terapia de limpeza energética e alinhamento dos chacras pode ajudar em muitos casos, sobretudo se você sente que tem algo que não está fluindo na sua vida. Ao sentir-se cansado em excesso, sem prazer de viver, com raciocínio mais lento, lapsos de memória, com problemas no sono, ou mesmo sem ânimo para relacionamentos, com insegurança, dificuldade de fazer e sustentar suas escolhas, por exemplo.

Acima do nosso corpo físico, temos várias camadas de energia, a primeira delas chama-se aura ou períspirito (na visão espírita) e nela estão os chacras, que são pontos de energia vital. A quantidade deles varia de pessoa para pessoa e conforme a tradição. Os budistas falam de nove, já os hindus referem-se a sete e os tibetanos a quatro. Em geral, as terapias holísticas ou integrativas trabalham com sete.

O fluxo biológico natural é para baixo e fluxo espiritual para cima. Na prática, duas correntes de energia, no mínimo, deveriam cruzar o nosso corpo. Uma que vem do Universo, entra pelo chacra coronário e desce em direção ao centro da Terra e outra que vem do centro da Terra pelo chacra básico e cruza o seu corpo expandindo-se para o Universo pelo coronário. Quando os chacras estão bloqueados, esse fluxo energético sofre interrupções, que quando não são observadas podem virar doenças físicas. Ou seja: a doença primeiro se instala em nosso corpo energético, mais sutil, e depois é que chega ao corpo físico, por isso alguns sintomas não são diagnosticados como doenças pela medicina convencional, em um primeiro momento.

Durante a terapia de limpeza energética, todos os bloqueios que estão prontos para serem retirados, pois já foram vistos, olhados e aprofundados, sairão enfim do seu corpo físico e/ou energético. Aqui vale um adendo importante: muitas vezes, em terapias como a experiência psicossomática por exemplo, esses bloqueios ou contenções de energia criados por alguma experiência traumática são explodidos, ou seja a pessoa já entrou em contato com eles e agora eles estão prontos para serem retirados. Quem também já vem se trabalhando por meio de outras técnicas voltadas para autoconhecimento, costumam ter bloqueios mais prontos para serem retirados. Nesses casos, a limpeza é ainda mais profunda, mas de todas as formas ela ocorre e em geral, após o tratamento a pessoa se sente muito mais leve, sem tantas cargas emocionais, mais segura, com mais alegria e disposição de viver, mais firme no seu caminhar.

Depois de entrar em contato com cada um dos sete chacras e retirar os bloqueios, novamente entramos em contato com cada um deles para injetar uma carga quântica positiva e reprogramar o funcionamento das células e dos chacras. Esse tratamento pode, por vezes, reduzir as dores físicas e emocionais, gerando a cura no decorrer das sessões. Contudo, não é indicada a suspensão de qualquer tipo de acompanhamento ou tratamento médico, como psicológico, psiquiátrico ou de qualquer outra natureza.

A cura quântica realizada nas sessões de alinhamento dos chacras deriva dos ensinamentos da Física Quântica e de alguns princípios científicos com mais de 100 anos que atestam que tudo é energia, inclusive a matéria e que pode-se manipular a energia para alterar o físico. Em consonância com esses estudos, em recentes pesquisas, o biofísico russo e biólogo molecular Pjotr Garjajev, membro da Academia de Ciências da Rússia, tem atestado que é possível mudar a programação do DNA por meio de pensamentos e palavras.

Assim sendo, cada pessoa torna-se curador de si mesmo, sendo o principal responsável por modificar as informações gravadas, ao longo da vida, nas células e nos chacras.

Durante o tratamento, essas informações são trabalhadas com diálogo, colocações sistêmicas, por meio dos quais novas informações são enviadas para células e chacras, contudo no dia a dia é necessário que cada um passe a registrar sensações e vivências positivas, para que haja a substituição das memórias celulares e emocionais. Assim sendo, o resultado mais efetivo se dá com o comprometimento pessoal de cada indivíduo em mudar o campo vibracional em que está inserido.

Algumas vezes, após o diagnóstico, pode ser sugerido um acompanhamento terapêutico, já que vivemos em uma cultura onde algumas pessoas são motivadas a expressar o negativo e outras são tolhidas, gerando uma ênfase excessiva naquilo que acontece de ruim, a exemplo do que vemos em programas televisivos. Em geral, não temos o hábito de pensar ou falar sobre o que de bom acontece. O processo de cura passa por essa reprogramação, com o foco no positivo.

 

Saiba mais sobre os chacras:

http://eumudotudomuda.com.br/primeiro-chacra-basico-ou-raiz-x-a-sustentacao-da-vida/

http://eumudotudomuda.com.br/segundo-chacra-sacral-e-o-nosso-prazer-de-viver/

http://eumudotudomuda.com.br/terceiro-chacra-o-plexo-solar-e-o-nosso-poder-pessoal/

http://eumudotudomuda.com.br/quarto-chacra-o-cardiaco-e-como-manifestamos-o-amor/

http://eumudotudomuda.com.br/quinto-chacra-o-laringeo-e-a-nossa-comunicacao/

http://eumudotudomuda.com.br/sexto-chacra-o-frontal-e-a-nossa-intuicao/

http://eumudotudomuda.com.br/setimo-chacra-coronario-e-nossa-ligacao-com-o-universo/

http://eumudotudomuda.com.br/os-chacras-e-a-nossa-saude-fisica-e-emocional/