Caros Partilhantes, há alguns anos, eu e Akita Max, estamos em um projeto que busca trazer a interação entre os aspectos masculino e feminino da Expressão Divina. Queremos dizer com isso que podemos compreender este “par de opostos” como a ideia e o corpo. É claro que isto é apenas um corte didático, pois sabemos que estas instâncias se interpenetram e dialogam incessantemente.

Este projeto busca estar em sintonia com a energia Aquariana que dentro de uma compreensão universal nos traz a ideia de aldeia global e a indução para trabalhos em grupo, tendo como marco a implementação das Nações Unidas no dia 24 de outubro de 1945. Sendo assim, vamos primeiramente entender o símbolo de Aquário. A linha superior representa o lado espiritual (masculino) e a inferior o princípio material (feminino).

Percebe-se que há uma interação harmoniosa dessas duas forças. A síntese do fluxo de vida que está em alternância através do seu fluir constante. Este símbolo indica para os próximos 2.000 anos esta interação e o aprendizado que a humanidade terá pela frente. Sendo assim, este Masculino (verbo) e Feminino (corpo) devem buscar se harmonizar.

A nossa proposta indica de um lado a Astrologia como veículo para trazer à luz por meio do autoconhecimento as informações dos astros (ideia – masculino), por outro lado este saber geométrico possui manifestação em nível material (corpo – feminino) e desta forma passamos a perceber como estas induções astrológicas são manifestadas em seus chacras e nos seus órgãos físicos.

Por meio da Astrologia temos a possibilidade de informar possíveis doenças ou aspectos sobre os quais o partilhante deve estar atento para manter uma boa saúde. Como o corpo físico recebe e manifesta esta energia, o alinhamento e a limpeza dos chacras e dos órgãos pode ajudar de maneira concreta a efetivar essa cura nos corpos sutis e também no físico.

Enquanto a Astrologia busca decodificar de que forma o planeta, o signo, as casas astrológicas ligadas ao corpo e a saúde, os aspectos entre os planetas, influenciam em nossos pensamentos e comportamentos, o trabalho de cura quântica responde a questionamentos importantes: O que estas induções astrológicas podem acarretar fisicamente, ou seja, no corpo do indivíduo? De que maneira se instauram as doenças e o desequilíbrio no campo energético e no físico da pessoa?

Aliando conhecimentos da cura quântica, campos informacionais (DEP), alquimia, antroposofia e leitura de aura, temos verificado que o processo de limpeza energética e alinhamento dos chacras pode apoiar a cura mental, espiritual, emocional e física. Isso ocorre porque o serviço de alinhamento e limpeza chega nos corpos mais sutis do indivíduo, atuando nos sete corpos energéticos trabalhados pela Teosofia (físico, emocional, mental, intuitivo, espiritual, monádico e divino), observando o indivíduo em sua totalidade, de maneira integrativa.

Diríamos que em última instância, o que é proposto em nosso trabalho é um atendimento mais completo para que não se instale em nível físico a indução de doença percebida no mapa astrológico, ao mesmo tempo em que é possível utilizar a astrologia para constatar as percepções identificadas no trabalho de cura quântica, utilizando a limpeza e alinhamento dos chacras para gerar bem estar nos sistemas já adoecidos.

Aqui, vale ressaltar que nenhum tratamento médico deve ser abandonado ou interrompido, pois esta prática é complementar, não tendo caráter substitutivo.

Uma das máximas nas quais está assentada esta proposta se encontra a Filosofia Hermética e os seus Sete Princípios. O segundo princípio indica:

“O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima”. (Hermes Trismegisto)

Ou seja, em última instância, dentro do meu corpo eu tenho a representação do sistema solar.

Podemos indicar que em nível geral cada signo rege determinada parte do corpo.

Áries – cabeça.
Touro – garganta.
Gêmeos – nariz e os pulmões.
Câncer – estômago e os seios.
Leão – coração.
Virgem – intestinos.
Libra – rins.
Escorpião – ovário, útero e coluna vertebral.
Sagitário – fígado e coxa.
Capricórnio –  joelhos e ossos.
Aquário – panturrilha, sistema circulatório.
Peixes – pés.

A busca da implementação desta modalidade de trabalho busca a justa posição entre a teoria astrológica e a prática da cura quântica. Como o espírito e o corpo são uma unidade em processo evolutivo, reunir esta centelha divina é fazer com que a Divindade que existe dentro de cada um de nós se manifeste nesse corpo físico. Assim, curando a nós mesmos, contribuímos também para a cura da sociedade como um todo e do nosso planeta.

Mais informações sobre Cura Quântica acesse: http://eumudotudomuda.com.br/

E sobre Astrologia acesse: http://astroseletras.com.br/