Muitas pessoas chegam até mim e revelam que estão em busca de um sentido maior para a vida. Elas devem vir por ressonância, pois uns anos atrás eu também me questionava o sentido de estar por aqui, qual seria a minha missão, o meu propósito? Deveria ter algo maior por trás de tudo que estava acontecendo comigo. Foi aí, que em um belo dia, em uma conversa informal eu ouvi: “A vida não é uma ideia para fazer sentido. Ela é uma experiência que precisa ser vivenciada, é o que você faz dessa experiência que faz sentido ou não.”

Passei dias pensando sobre isso. Sim, somos nós que damos ou não sentido ao que vivemos.

Quando somos crianças, por exemplo, não precisamos de muito, nos sentimos livres para vivenciarmos aquilo que somos, expressamos a nossa essência e nessa simplicidade temos a alegria de viver, sem estarmos preocupados com o sentido da vida.

Aos poucos, à medida em que vamos crescendo, somos tomados pela necessidade de pertencer, primeiro à família, depois aos mais diversos grupos nos quais transitamos, e para sermos aceitos vamos perdendo a nossa espontaneidade, nos distanciando de quem realmente somos. É como se a nossa verdadeira luz fosse apagando e em um certo ponto nos sentimos perdidos por estar sem ela. Desconectados da fonte, da razão de tudo, entramos então no piloto automático.

Às vezes, caminhamos para tão longe de nós mesmos, que esse reencontro conosco e com o que viemos fazer aqui parece quase impossível. Ao mesmo tempo, viver sem a nossa essência cansa, aprisiona e nos deixa infelizes. Não há pílula mágica que proporcione sem esforço essa volta para casa, para nós mesmos. Mas hoje, alguns tipos de terapias ajudam e muito a acelerar esse processo, aqui destaco uma especial que fez grande diferença para mim: a Ativação de Vida.

Essa técnica de cura e reconexão com o propósito foi decisiva na minha jornada, quando tive que tomar decisões importantes como largar um emprego de carteira assinada como jornalista, para trabalhar como terapeuta full time. Algo que para muitos pareceu insano, em meio a mais uma crise econômica no país, para mim só trouxe paz e certeza de estar no caminho certo.

 A Ativação de Vida me ajudou a me focar no que realmente é importante para mim e promover as mudanças necessárias na vida para me realinhar ao meu propósito.

 Além de realizar o equilíbrio dos eixos energéticos e físico, ela promove o realinhamento dos chacras, a retirada de cristais que se apagaram ao longo de nossa existência, além de inserir luz em 22 códons, pontos do nosso DNA físico e espiritual, que se localizam na cervical. Desta forma, é um importante passo para redescobrirmos a nossa essência e relembrarmos a nossa missão, o que de fato viemos fazer aqui. É um ritual que nos ajuda a compreender como ultrapassar barreiras no nosso dia a dia que têm nos impedido de ser a nossa melhor versão. Como ela enche o corpo energético e físico de luz, reconecta o nosso espírito ao Plano Maior, dissolvendo bloqueios e fraquezas.

A sensação que tive quando fiz a minha e, agora, após me tornar uma ativadora de vida é que por meio desse ritual você retoma o seu poder, a sua força e a sua luz, podendo enxergar a vida e a si mesmo com mais clareza e precisão.

 Além da sessão, com uma 1 hora e meia de duração, você recebe um kit com o elixir da vida ou Pedra Filosofal, que é formado pelo Purificato e o Crystalis. Esses produtos alquímicos são produzidos para limparem internamente o corpo, possibilitando a absorção da luz e uma vida mais saudável. O Purificato deve ser tomado em 7 gotas, pela manhã, e remove os resíduos de DNA acumulados a nível celular devido à exposição a toxinas ambientais, vírus, bactérias e fungos patogênicos, que impedem a assimilação da luz, suprimindo a expressão dos seus dons espirituais. Já o Crystalis, deve ser tomado em 7 gotas, antes de dormir e remove resíduos genéticos, intencionalmente retifica danos genéticos originados desde o momento da concepção, ampliando o foco e limpando os códigos genéticos que atrasam o despertar da consciência plena.

 Com apenas uma sessão de ativação de vida, você aos poucos vai enxergando e limpando tudo aquilo que lhe impede de ser você mesmo, em uma verdadeira reconexão com a sua essência.

 Essa é sem dúvidas uma das mais completas terapias, das muitas que já fiz, e com resultados mais expressivos. Quem me conhece sabe, que só recomendo aquilo que eu própria testei em mim, algo que me fez ter algum tipo de resultado, então passo a estudar a técnica e a querer compartilhar. Por isso, fiz questão de fazer a Academia de Cura, da Escola Moderna de Mistérios, para também Ativar Vidas.

 É com amor, que me coloco à serviço de todos aqueles que quiserem vivenciar essa experiência.